Cadastre-se abaixo e receba nossos informativos.

Nome:
Email:

home.gif

 Palestra no Sindcont-SP aborda principais aspectos da Lei 12.973/2014

Postado em 22/08/2014.

 

Profissionais da Contabilidade e estudantes de Ciências Contábeis lotaram o auditório do Sindicato dos Contabilistas de São Paulo – Sindcont-SP na noite desta quinta-feira (21) para assistir a palestra “Principais Impactos da Lei 12.973/2014”, ministrada por Luciano Perrone.

Segundo o palestrante, a lei, que tem como função unificar o Sistema Público de Escrituração Digital - Sped, as International Financial Reporting Standards - IFRS (Normas Internacionais de Contabilidade) e o Imposto de Renda, surgiu após a Receita Federal do Brasil perceber a necessidade de regulamentar a implantação das Normas Internacionais, aprovadas em 2008. “Essa lei surgiu de forma tardia e somente depois de a Receita começar a perder em arrecadação, quando as empresas começaram a fazer distribuição de lucro e gerar juros sobre capital próprio com base no IFRS”, contou Perrone, que é especialista em Gestão Empresarial e Estratégia Empresarial.

O professor salientou que, ao contrário do que muitos pensavam no início, todas as empresas devem seguir as IFRS. Com isso, é preciso levar em conta não apenas o regime tributário das empresas, mas também o Contábil, que pode ser: IFRS Integral, IFRS PME ou IFRS Micro e Pequenas Empresas (este último em vigor apenas no Brasil).

A adesão à Lei 12.973 é opcional, de acordo com a Receita. No entanto, Perrone recomenda às empresas que façam a migração da sua forma de Contabilidade, para que seja vista como neutra pelo Fisco, pois quem não aderir será mais visado. “É uma opção que não nos dá muitas opções”, disse o palestrante.

Ao final da palestra, Luciano Perrone ressaltou a importância da participação dos profissionais da Contabilidade no árduo trabalho pelo avanço da Contabilidade e no repasse de informações tanto à Classe Contábil quanto aos empresários. “Temos pessoas como o Geraldo Carlos Lima [diretor Cultural do Sindcont-SP] que fazem um árduo esforço para passar as características do nosso trabalho aos empresários, que muitas vezes não entendem o porquê de determinados cálculos. Isso é muito importante para a evolução do nosso trabalho”, afirmou.

 

 

 

Sugestões, dúvidas ou críticas

contato@rptreinamento.com.br ou se preferir, ligue: (11) 2281 8999

RP - Treinamento e Desenvolvimento

Home | Quem Somos | Luciano Perrone | Clientes | Contato | Notícias | Eventos

Fone: (11) 2281 8999